As 05 Principais Dúvidas na Hora de Comprar um Imóvel

Tempo de leitura: 5 minutos

As 05 Principais Dúvidas na Hora de Comprar um Imóvel

hoje falarei sobre As 05 Principais Dúvidas na Hora de Comprar um Imóvel

As 05 Principais Dúvidas na Hora de Comprar um Imóvel
As 05 Principais Dúvidas na Hora de Comprar um Imóvel

Quem está na busca de um imóvel ou até mesmo quem já comprou um sabe quantas coisas esse processo envolve. É muita informação e muita burocracia e as pessoas acabam ficando com medo e com muitas dúvidas.

Elencamos aqui as principais dúvidas de nossos clientes e seus esclarecimentos para podermos te ajudar nessa hora tão importante da sua vida!

Vamos lá:

1.     Como utilizar o FGTS para comprar um imóvel?

 

O FGTS do comprador pode e deve ser utilizado na compra do seu imóvel. Você pode utilizar ele para pagar a entrada (toda ou em parte) em um financiamento imobiliário ou pode utilizar ele para integralizar os valores do imóvel em uma aquisição de imóvel a vista.

Lembro aqui que existem algumas regras para utilizar o FGTS e você pode conferir elas no artigo que fizemos sobre isso clicando aqui.

Para utilizar ele é bem simples também. Em casos de financiamento imobiliário o próprio, banco encaminhará o processo para utilizar seu FGTS e em casos de aquisição sem financiamento, você deve ir até a Caixa Econômica Federal e informar que você fará aquisição direta com FGTS que o gerente fará o procedimento para você.

2.     É um bom momento para comprar imóvel?

 

Não é um bom momento para comprar imóvel e sim o MELHOR momento para comprar! Sim, estamos passando por uma crise expressiva, mas, pensa comigo, não é nesse momento que surgem as grandes oportunidades? Estamos em um momento em que os proprietários precisam vender seus imóveis para poder pagar suas dívidas e para vender rápido eles baixam bastante os valores, só aqui você já sai ganhando. Ademais, estamos prevendo uma melhora significativa da economia que vai fazer com que, em breve, o valor dos imóveis volte a subir e, com isso, o valor do imóvel comprado agora, por um valor mais baixo, tende a ter uma ótima valorização.

3.     Tem uma renda mínima para financiar um imóvel?

 

Em um financiamento imobiliário o que vai determinar o quanto o banco vai emprestar para você é a renda. A prestação do financiamento não pode ultrapassar a 30% da renda bruta familiar e é com base nisso que o banco calcula o valor a ser financiado. Logo, quanto maior a renda, maior a capacidade de pagamento e maior o valor a ser emprestado pela instituição financeira e quanto menor a renda menor será o valor emprestado. Algumas linhas de crédito limitam os empréstimos a um valor especifico e, caso sua renda não alcance esse valor mínimo, pode ser que você não consiga o financiamento, porém, linhas de crédito subsidiadas pelo governo não possuem essa limitação e, logo, não possuem renda mínima.

4.     Qual é a Melhor Orientação Solar?

 

A orientação solar é muito importante na hora da escolha de sua compra. Aqui no Sul a melhor orientação solar é a Norte, ela te dará incidência do sol durante o dia inteiro. Logo após temos as posições solares leste e oeste, sendo a primeiro o sol da manhã e a segunda o sol da tarde e por último temos a orientação solar sul que é a que menos possui incidência solar.

 

5.     Quais despesas terei com a Documentação?

 

Você terá basicamente três despesas na hora da compra. São elas:

– Com financiamento imobiliário:

  1. Despesas com o banco: o contrato de financiamento terá valor de escritura, além disso, você pagará também a despesa com o engenheiro que fará a vistoria no imóvel e as taxas bancárias do financiamento. O valor dessa taxa varia de acordo com cada banco.
  2. ITBI: Esse é o imposto cobrado pela prefeitura sobre a transferência de bens imóveis. Ele é calculado em 0,5% do valor financiado e 2,0% do valor de entrada. Lembrando que esse valor pode variar de acordo com o valor de avaliação da prefeitura sobre o imóvel.
  3. Registro de Imóveis: é a despesa de averbação junto à matrícula do imóvel da nova compra com a alienação fiduciária do banco. Gira em torno de 1% a 1,5% sobre o valor do imóvel. Para primeiro imóvel você tem direito a um desconto de 50%.

– Aquisição direta sem financiamento imobiliário:

  1. Despesas tabelionato: Quando você compra sem financiamento você precisa encaminhar a escritura de compra e venda junto a um tabelionato e terá uma despesa com esse documento.
  2. ITBI: Esse é o imposto cobrado pela prefeitura sobre a transferência de bens imóveis. O calculo é de 2% sobre o valor que a prefeitura avaliar sobre o bem imóvel;
  3. Registro de Imóveis: é a despesa de averbação junto a matrícula do imóvel da nova compra. Gira em torno de 1% a 1,5% sobre o valor do imóvel.

Então o que achou do artigo As 05 Principais Dúvidas na Hora de Comprar um Imóvel ? Essas são as principais dúvidas de nossos clientes, caso você tenha outras dúvidas, envie uma mensagem que responderemos o mais breve possível!

 

dornelles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *